sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Ferreira Leite acusa PS e Governo de atacarem justiça

A presidente do PSD acusou hoje PS e Governo de atacarem o sistema de justiça a propósito das escutas ao primeiro-ministro e, na resposta, José Sócrates acusou-a de ter falta de ética e de degradar a vida política.

Durante o debate quinzenal no Parlamento, Manuela Ferreira Leite reagiu às declarações do ministro da Economia, Vieira da Silva, e do vice-presidente do grupo parlamentar do PS, Ricardo Rodrigues, sobre as escutas de conversas do primeiro-ministro.

"Nunca vi um ataque por parte de um Governo e de um grupo parlamentar tão indigno à instituição da justiça", declarou a presidente do PSD, acrescentando: "Quando os senhores estão embaraçados não olham a meios para atingir fins, e isso é algo de muito grave em democracia".

"Ou o senhor hoje aqui diz claramente se subscreve ou não aquilo que disse o senhor ministro e o vice-presidente da sua bancada ou eu dir-lhe-ei que o senhor nem sequer tem consciência do lugar que desempenha neste país", rematou Manuela Ferreira Leite.