quinta-feira, 10 de março de 2011

Face Oculta: Felícia Cabrita e Ana Paula Azevedo arguidas


Em declarações à Lusa, a jornalista Felícia Cabrita explicou que foram chamadas ao Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) onde foram constituídas arguidas, não tendo nenhuma delas prestado declarações, usando uma prerrogativa prevista na lei.

No âmbito do mesmo inquérito foram já chamados ao DIAP o subdiretor do "Sol" Vítor Raínho e a advogada do semanário.

A abertura de um inquérito (investigação) foi anunciada pelo procurador-Geral da República (PGR), Pinto Monteiro,