quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Vídeo mostra jovem negro a ser baleado 16 vezes por polícia


Centenas manifestaram-se das ruas de Chicago esta terça-feira. Um dos polícias envolvidos no caso foi acusado de homicídio em primeiro grau
A revolta tomou conta das ruas de Chicago esta terça-feira, depois da divulgação de um vídeo que mostra a morte de um jovem negro, baleado 16 vezes por um polícia branco.
O vídeo, remonta ao ano passado, mais precisamente à noite do dia 20 de outubro. Laquan McDonald, de 17 anos, é confrontado, numa rua de Chicago, com dois polícias armados. Caminha no meio de duas vias, com aquilo que parece ser uma faca, quando os polícias apontam as armas na sua direção. É alvejado e cai no chão. Fora do enquadramento, a polícia continua a disparar sobre o corpo do jovem, esse bem visível, caído na estrada. A autópsia revelou que o adolescente foi baleado 16 vezes.
Nos documentos relativos ao caso, o tribunal descreve o conteúdo do vídeo, sublinhando que, durante cerca de 15 segundos, o oficial - Jason Van Dyke - descarregou a sua arma, disparando sobre o adolescente, enquanto este permanecia deitado no chão, com os braços e as pernas a balançar devido ao impacto dos tiros.
Van Dyke foi o único acusado de homicídio pois, segundo o tribunal, foi o único que disparou todas as suas balas contra o jovem negro.

Nota de bloguista: Que polícia de Chicago é esta que revolta um país e o mundo contra si, este não é método de se lidar com esta situação...