sábado, 31 de outubro de 2009

Rede teria contactos nas principais empresas com participação do Estado




A investigação deste caso começou há mais de um ano. Segundo os documentos a que a RTP teve acesso, os alegados actos de corrupção passaram por pagamentos em dinheiro, carros de luxo e até simples sacos de cimento. Esta rede agora sob suspeita terá mesmo tentado afastar o presidente de uma das empresas, por, alegadamente, não ter querido colaborar nos negócios.