quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Contentores: Mota-Engil pedirá indemnização se decreto-lei for revogado


Lisboa, 26 Nov (Lusa) -- O presidente do Conselho de Administração da Mota-Engil revelou que a empresa pedirá indemnização ao Estado caso seja revogado o decreto-lei que permitiu prolongar sem concurso a concessão do Terminal de Contentores de Alcântara à Liscont.

"Vamos ter que nos defender dos direitos que temos (...) pedindo indemnizações, pedindo que sejamos resarcidos dos prejuízos", afirmou quarta-feira à noite António Mota, numa entrevista ao programa da Sic Notícias 'Negócios da Semana'.

"Assinei um contrato com um Governo que estava em funções, na base de um decreto que foi aprovado pelo Governo, promulgado pela Presidência da República, foi chamado à Assembleia da República (AR) e foi aprovado", acrescentou António Mota, que disse não ter ainda calculada a indemnização que a empresa pretende pedir.