quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Major esteve em reunião suspeita do "Ambrósio"


Um ex-administrador da Sociedade de Transportes Colectivos (STCP) do Porto garantiu ontem em tribunal que Valentim Loureiro esteve mesmo presente na reunião em que foi fixado o preço final inflacionado da Quinta do Ambrósio.

Um ex-administrador da Sociedade de Transportes Colectivos (STCP) do Porto garantiu ontem em tribunal que Valentim Loureiro esteve mesmo presente na reunião em que foi fixado o preço final inflacionado da Quinta do Ambrósio.

De acordo com a acusação do Ministério Público de Gondomar, antes da última reunião estava alinhavado que a STCP iria pagar pelo terreno 3,575 milhões de euros, mas após esse encontro o valor terá subido pa

Um ex-administrador da Sociedade de Transportes Colectivos (STCP) do Porto garantiu ontem em tribunal que Valentim Loureiro esteve mesmo presente na reunião em que foi fixado o preço final inflacionado da Quinta do Ambrósio.

De acordo com a acusação do Ministério Público de Gondomar, antes da última reunião estava alinhavado que a STCP iria pagar pelo terreno 3,575 milhões de euros, mas após esse encontro o valor terá subido para quatro milhões de euros.

O autarca de Gondomar sempre negou ligação ao polémico negócio - além de uma simples reunião, em 2000, com a filha da dona da quinta - no qual o seu "vice", José Luís Oliveira, o advogado Laureano Gonçalves e o seu filho, Jorge Loureiro, lucraram três milhões de euros em tempo recorde. Porém, apenas Laureano deu a cara, tendo a ligação de Oliveira e Loureiro sido descoberta, apenas, na sequência de uma busca da Polícia Judiciária (PJ), no Apito Dourado.

ra quatro milhões de euros.

O autarca de Gondomar sempre negou ligação ao polémico negócio - além de uma simples reunião, em 2000, com a filha da dona da quinta - no qual o seu "vice", José Luís Oliveira, o advogado Laureano Gonçalves e o seu filho, Jorge Loureiro, lucraram três milhões de euros em tempo recorde. Porém, apenas Laureano deu a cara, tendo a ligação de Oliveira e Loureiro sido descoberta, apenas, na sequência de uma busca da Polícia Judiciária (PJ), no Apito Dourado.