quinta-feira, 31 de março de 2011

Manoel de Oliveira não aceitou Chave da Cidade

O filho de Manoel de Oliveira, José Manuel Oliveira, disse hoje à agência Lusa que o cineasta não aceitou a "Chave da Cidade" do Porto devido ao comportamento incorreto da Câmara local no processo da Casa do Cinema.

"O meu pai não aceitou a ''Chave da Cidade'' pura e simplesmente porque a Câmara não teve um comportamento minimamente correto", afirmou José Manuel Oliveira, refutando o argumento da autarquia de que teria terminado o diálogo após aquela recusa.

O edifício projetado por Souto Moura para albergar a Casa do Cinema Manoel de Oliveira continua sem destino definido, anos depois de a Câmara do Porto e o cineasta terem rompido negociações sobre a utilização do espaço.