terça-feira, 30 de outubro de 2012

Escutas telefónicas com banqueiro Ricciardi e Passos Coelho


Processo Monte Branco. O primeiro-ministro terá sido apanhado a falar ao telefone com o banqueiro José Maria Ricciardi que teve o telefone sob escuta por causa desta investigação. Em comunicado, Ricciardi assume que falou com Passos Coelho para dizer que discordava pelo facto de o Estado ter decidido entregar à norte-americana Perella Weinberg, por ajuste directo, a consultoria financeira das privatizações da EDP e da REN.