domingo, 2 de dezembro de 2012

“Crime brutal e sádico”

Foi um crime brutal e sádico, em que Renato Seabra espancou, estrangulou e mutilou a sua vítima antes de matar.» Cyrus Vance Jr., o procurador distrital de Manhattan, ficou assim satisfeito com a decisão dos jurados de considerar o modelo culpado da morte do ex-amante, o cronista Carlos Castro, a 7 de janeiro do ano passado, em Nova Iorque.

Nota de bloguista: Ainda bem que houve julgamento nos E U A, là vai ter o que mereçe a prisão de verdade sem condicional nem nada, pior para a familia da vitima se fosse julgado em Portugal aì jà se sabia o que iria aconteçer