quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Salários em atraso motivam greve dos trabalhadores do grupo Vip Hotels

Paralisação, que se iniciou às 7h30 desta quarta-feira e tem a duração de 24 horas, abrange duas unidades hoteleiras da cadeia indiana.



Os trabalhadores dos hotéis Vip Arts, em Lisboa, e do Vip Santa Iria, de Loures, estão em greve. Contestam o atraso no pagamento de salários e do subsídio de Natal.
"Hoje é dia 15 e ainda não receberam o seu salário nem o subsídio de Natal. Esta situação é insustentável porque não é a primeira vez que isto acontece", referiu a dirigente sindical.
"É difícil porque as pessoas estão com muito medo das consequências. Para já, ficou muito aquém das nossas expectativas", admitiu, ressalvando, contudo, que os trabalhadores "não vão desistir de lutar".
A administração do Vip Hotels recusa fazer quaisquer comentários. 

Nota de bloguista: isto parece-me que já é jogada por parte da administração para criar pressão e instabilidade nos trabalhadores para fazê-los ir embora sem que sejam pagas as devidas indemnizações... a ver vamos como será nos próximos meses...