quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Repórter de imagem filmada a agredir migrantes em fuga da guerra




Petra Laszló estava ao serviço de uma televisão local, tida como nacionalista e próxima de um movimento de extrema direita



Nota de bloguista: Os partidos da oposição Együtt-PM e da Coligação Democrática disseram que vão iniciar acusações de violência, punível com até cinco anos de prisão, contra László.
Vamos ficar atentos para ver o que vai acontecer a esta jornalista.
Acho que após este incidente esta senhora não poderá andar tão tranquila como tem estado até agora.
Sobre estes incidentes nem uma palavra sobre as medidas a serem tomadas por parte do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados António Guterres.
Gostaria de saber para que existe o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, não seria este um caso apropriado para lá ser levado e julgado...