sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Pais de duas meninas queixaram-se a 8 instituições...



Nélson Ramos e Sónia Lima, o pai e a mãe das duas crianças que morreram em Caxias, fizeram denúncias a oito instituições diferentes: ela por abusos sexuais e violência doméstica da parte dele, e ele de alienação parental perpetrada por ela. Segundo o Diário de Notícias deste sábado, as instituições notificadas foram a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), PSP, Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ), o Ministério Público (MP), Tribunal de Família e Menores, PJ, Segurança Social e o Hospital Amadora-Sintra, que sinalizam famílias em risco.

Nota de bloguista: A falha das instituições, não atuando a tempo e horas mata crianças e nunca ninguém é responsável.