quinta-feira, 14 de abril de 2016

Lista negra da Segurança Social regressa em Junho


Quem tem dívidas à Segurança Social e não se mostrar cooperante na sua regularização vai ver o seu nome divulgado na lista negra de devedores. Para já, estão identificados cerca de 50 mil devedores.

A ideia da equipa da Segurança social é reintroduzir a lista de devedores de modo faseado, em função do volume de dívidas.

Numa primeira fase, em Junho, serão publicitados os devedores singulares com dívidas superiores a 25 mil euros e pessoas colectivas com dívidas acima de 50 mil euros. Até Setembro deverá avançar a publicitação dos devedores de 10 mil e 50 mil euros em diante, respectivamente para pessoas singulares e empresas. E, no final do ano, completa-se o ciclo com a divulgação de dívidas acima de 7.500 euros (singulares) e 25 mil euros (pessoas colectivas).

Para já, a Segurança Social tem identificados cerca de 50 mil devedores, na sua maioria pessoas colectivas, mas não significa que todos acabem por constar da lista negra. Nos próximos meses será preciso contactar os devedores e garantir que não há qualquer forma de os trazer para dentro do sistema, através de acordos prestacionais, dações em pagamento ou outras formas de regularização.

Nota de bloguista: Vão haver muitos devedores à Segurança Social cuja situação de dívida foi criada por incompetência de alguns técnicos administrativos da instituição. Por serem incompetentes ao serviço da S.S. sendo mal geridos pelos seus chefes de equipa que encobrem estas situações e por terem também falta de conhecimento técnico no exercer das suas funções, pois não têm formação para trabalhar nos novos sistemas. São "máquinas" de criar devedores que não são punidas devidamente por tal falta de qualidade profissional.

Veja aqui e aqui vários testemunhos de pessoas em que a sua dívida já foi prescrita, mas por vezes devido à falta de conhecimento os lesados continuam a ser tentados pela S.S. a pagarem.