sábado, 10 de setembro de 2016

Falta de fiscalização à cadeia VIP Hotels


Esta é a nova imagem dos Recursos Humanos que não olha a meios para atingir os fins, por isso é que os trabalhadores que se encontram nesta empresa têm ótimas condições:
- Carpetes na entrada e nas traseiras do hotel manchadas e imundas de todos os invernos levarem com água por má colocação do pavimento;
- Balneários sem condições, improvisados nos corredores por onde passa toda a gente;
- Caixotes do lixo em pontos de acesso onde passam as pessoas;
- Garagens esburacadas e imundas;
- Empregados mal vestidos e a beberem a água dos clientes porque não têm onde a beber, porque o refeitório se encontra fechado;
- Refeitório pequeno e sem higiene;
- Rouparia e lavandaria sem condições; 
- Cozinha pequena sem condições e higiene;
- Copas sujas e mal cuidadas;
- Mau cheiro por todo o hotel;
- Trabalhadores enviados para outros hoteis, sem saber quanto tempo lá ficam;
- Informação da documentação dos clientes mal tratada e com risco de fuga;
- Portas de emergência bloqueadas a silicone;


- Todo o hotel mete água, por isso é que as portas acima estão bloqueadas a silicone, e inclusivamente abanam com o vento, chegando algumas delas a partirem-se
- Os caixotes do lixo que o hotel usa, como os que se vêm na imagem, são colocados na rua a cheirarem mal e com falta de limpeza.



21-10-2014 - Data de validade da classificação feita supostamente em 2009, visto que cada classificação é válida durante 5 anos.
Como se vê nos registos do Turismo de Portugal, aqui, a classificação mais recente foi feita a 25-06-2016, tendo validade até 25-06-2021, ou seja, 5 anos.
Ora se a última classificação caducou a 21-10-2014, e só foi realizada nova classificação a 21-10-2016, isto leva-nos a pensar que o hotel esteve portanto sem aprovação de categoria de 5 estrelas durante 20 meses. 

Veja aqui a lista de critérios para um hotel poder ser classificado com 5 estrelas.