quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Coelho constituído arguido por suspeitas de financiamento ilícito a centro de exposições



Os dois antigos membros do Governo de Guterres foram ouvidos na Unidade Nacional de Combate à Corrupção
Suspeitas de financiamento ilícito do Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA), em Santarém, levaram as autoridades a constituir arguidos o antigo ministro do Equipamento Social Jorge Coelho e o seu secretário de Estado das Obras Públicas Luís Parreirão. Ambos trabalham agora na Mota-Engil.