sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

PCP insiste na demissão de Franquelim Alves

Honório Novo mostra documento interno da SLN para provar que já em março de 2008 o atual secretário de Estado sabia da "falcatrua" e não a denunciou ao Banco de Portugal. Bloco acompanha pedido de demissão.

O deputado comunista, que integrou as duas comissões parlamentares de inquérito ao BPN, mostrou esta sexta-feira de manhã um documento i
nterno da SLN, de março de 2008, para provar que já nessa data o recém-empossado secretário de Estado do Empreendedorismo e da Inovação sabia da "falcatrua" do BPN e não a denunciou ao Banco de Portugal, tendo omitido este facto na entrevista à RTP, acusou Honório Novo.
O documento com o nome "Estado da Nação" e a indicação "SLN" e "março de 2008" na folha de rosto integra o espólio da documentação das comissões de inquérito e nele se já "estão inventariados os prejuízos" dos fundos de investimento e do Banco Insular, "resultantes da falcatrua".
O comunista insistiu que "Franquelim Alves era obrigado a denunciar ao Banco de Portugal" estes factos, o que "não fez". "Logo quebrou um elemento central das suas obrigações", enquanto administrador de um grupo financeiro perante o banco central. Consequência, insiste Honório Novo, o secretário de Estado "deve demitir-se".
"Não está em jogo a sua competência, nem algo de natureza criminal", mas Franquelim Alves "sabia e não cumpriu com as suas obrigações".

Nota de bloguista: O Sr. Franquelim não é arguido mas isso não prova que não tenha culpa, o dias loureiro, o duarte lima o oliveira e costa etc. etc..etc.. onde estão..??? o loureiro passou o natal no brasil num risort cinco estrelas com o seu grande amigo ministro relvas os outros vivem no maior luxo e o povo passa fome para pagar tudo isto brinquem mas não abusem....!!!!!!!!!!  Clique aqui para ver mais