sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Carne de cavalo: Três detidos no Reino Unido inShare


  A polícia britânica anunciou hoje que três homens foram presos por suspeita de fraude no âmbito do escândalo da carne de cavalo encontrada em produtos cuja composição apenas indicava vaca.
Dois dos homens foram presos em Aberystwyth, na costa oeste do País de Gales, e um outro foi detido em West Yorkshire, no norte da Inglaterra, onde a polícia invadiu um matadouro na terça-feira.
“A polícia pode confirmar que as três pessoas foram presas por suspeita de crimes no âmbito da Lei de Fraude e estão detidos no posto da Polícia Aberystwyth", refere um comunicado citado pela AFP.
Também foi hoje divulgado um relatório da comissão de Alimentação e Agricultura do Parlamento britânico, que alerta para o facto de a contaminação com carne de cavalo em produtos embalados como sendo de origem bovina poderá ser “impressionante” e em "grande escala".
Os consumidores britânicos foram “cinicamente e sistematicamente enganados pela indústria de alimentos para aumentar os seus lucros.
Várias carcaças de cavalo provenientes de matadouros do Reino Unido com restos de fenilbutazona, um analgésico proibido na alimentação, foram enviados para França, anunciaram hoje as autoridades britânicas.O escândalo assumiu uma dimensão europeia com a posterior descoberta no Reino Unidos de lasanhas da marca Findus, etiquetadas como lasanhas com carne de bovino, com carne de cavalo.

Nota de bloguista: Toca A Comer Mula Da Cooperativa.