quinta-feira, 30 de maio de 2013

Plenário Trabalhadores do grupo Vip Hotels em greve a 30 de Maio

Os trabalhadores da cadeia Vip Hotels decidiram hoje fazer greve a 30 de maio, num plenário realizado à porta do hotel Vip Art, no Parque das Nações, Lisboa, por terem sido impedidos de se reunir dentro da unidade hoteleira.  




Em declarações à agência Lusa, o dirigente sindical do Sindicato dos Trabalhadores na Industria de Hoteleira, Turismo e Restaurantes disse que “esta é a terceira vez que não permitiram fazer um plenário dentro do hotel”.

“Desta vez alegaram que não tínhamos escolhido uma sala. Não somos nós que escolhemos as salas para fazer plenários. O hotel é que tem de nos dizer qual é que disponibiliza”, afirmou António Barbosa.
Os trabalhadores decidiram por isso reunir-se à porta do Vip Art, onde se concentraram 25 dos cerca de 90 funcionários, e resolveram avançar para a greve.
“Vamos partir para a luta porque não justifica estar a tentar fazer plenários porque eles não deixam. Estão a querer impedir os trabalhadores de lutar pelos seus direitos”, frisou.
Em causa está o pagamento do subsídio de Natal de 2012, os cortes salariais, o atraso no pagamento dos salários e o respeito pelo contrato coletivo de trabalho.
A greve está marcada para 30 de maio, estando previsto que todos os trabalhadores do grupo que adiram à paralisação se concentrem pelas 08:00 junto ao Vip Art .
A Lusa tentou sem sucesso falar com a administração do hotel Vip Art ou com o grupo Vip Hotels até às 17:30.
 
Nota de bloguista: depois destes meses todos sem pagar e a fazerem coisas vergonhosas aos trabalhadorees como se pode ver neste blog decidiram agora pagar o subsidio de natal á pressa para evitar os tumultos... Não conseguiram!!!

Para obter mais informações veja outros posts clicando nos links abaixo:
http://blogescandalo.blogspot.com/2013/03/vip-grand-lisboa-hotel-e-spa.html  
http://blogescandalo.blogspot.com/2013/03/vip-grand-lisboa-hotel-e-spa_6.html  
http://blogescandalo.blogspot.com/2013/03/vip-grand-hotel-e-spa-verdade-da-mentira.html