sexta-feira, 24 de julho de 2015

Pereira Cristóvão e três agentes da PSP acusados de associação criminosa

Ex-inspector da PJ faria parte de grupo que planeava "assaltos na zona de Lisboa e margem sul" a comerciantes e a pessoas com "grandes quantidades de dinheiro ou bens de grande valor".

O Ministério Público deduziu acusação contra 18 arguidos, entre eles o ex-inspector da Polícia Judiciária Paulo Pereira Cristóvão e três agentes da PSP, pela prática de associação criminosa roubo qualificado, sequestro, posse e detenção de arma proibida, abuso de poder, violação de domicílio por funcionário e falsificação de documento, divulgou esta quarta-feira o Departamento Central de Investigação e Acção Penal.

Veja aqui a notícia completa.

Nota de bloguista: Vejam como estas pessoas se infiltram no nosso meio, enganando-nos a todos. Utilizam e mancham as instituições para atingirem o seu fim, que é a sua conta bancária.