domingo, 3 de abril de 2016

Luvas no valor de 300M EURs

A investigação do processo Marquês enviou uma carta rogatória às autoridades brasileiras por suspeita de pagamento de luvas no valor de 300 milhões de euros no negócio da fusão entre a Portugal Telecom e a Oi, empresa de telecomunicações brasileira.

A informação é avançada pela edição de domingo do Correio da Manhã, que diz que a carta rogatória visa, entre outros, o ex-primeiro-ministro, José Sócrates, e o ex-Presidente do Brasil Lula da Silva. Ambos estão a ser investigados em processos distintos — Sócrates, no processo Marquês, em Portugal; Lula da Silva no processo Lava-Jato, no Brasil.

Nota de bloguista: a vinda de Lula a Portugal com frequência não era por acaso. Vejam como os políticos portugueses conseguem dar boas lições de corrupção.